“Born in USA”

Publicado: novembro 5, 2010 em Economia, Uncategorized

O Jornal New York Times mostra que está cada vez mais difícil saber a origem dos carros vendidos nos Estados Unidos e oferece uma guia para os compradores confusos.

Em 2008 cerca de 8,5 milhões de carros e picapes foram fabricados dentro dos Estados Unidos, mas apenas 5 milhões foram produzidos pelas Três Grandes de Detroit: GM, Ford, e Chrysler. Mais de 3 milhões de veículos foram produzidos em fábricas americanas, mas de fabricantes de outros países como BMW, Honda, Hyundai, Mercedes-Benz e Toyota. E ainda tem as fábricas americanas no Canadá e México, e juntando tudo isso fica difícil para o consumidor Americano saber se está realmente comprando um carro americano. Qual carro é mais Americano, o Honda Accord da marca Japonesa Honda, ou o Ford Fusion feito no México da Ford Americana?

De todas as fábricas estrangeiras nos Estados Unidos a Toyota lidera em produção, e ano passado a Toyota produziu mais carros que a Chrysler, por uma margem muito pequena, por volta de 11mil veículos. A Honda foi a primeira montadora Japonesa a construir carros nos Estados Unidos em 1982, em Marysville, Ohio. Nos anos 80 e 90, as 3 de Detroit começaram a construir mais veículos no México e Canadá.  Por lei, os carros vendidos nos Estados Unidos devem possuir um adesivo de 20cm por 30cm aproximadamente colado nos vidros, contendo informações dos equipamentos de série, preço, opcionais, ficha técnica, consumo médio, além da informação do local de montagem, bem como origem do motor e transmissão.

Os adesivos informam a origem do motor e transmissão, mas devido a complexidade do NAFTA (North American Free Trade Agreement ou Tratado Norte-Americano de Livre Comércio), a origem de certos componentes do México e Canadá podem ser confundidos, e alguns componentes considerados “domésticos” podem ter sido feitos no México ou Canadá, e daí já não dá para dizer se o carro é totalmente Americano ou não.

A mesma coisa acontece em relação aos fabricantes estrangeiros que montam carros nos Estados Unidos. A mão de obra não faz parte do cálculo, e os carros ou componentes deixam de ser considerados americanos. Por exemplo, a fábrica da Honda em Anna, Ohio, produz o motor do Acura RDX, mas o motor é considerado de origem Japonesa, devido ao custo de uma peça cara, o turbo compressor, que é importado do Japão, e montado em Ohio com mão de obra Americana.

Como o New York Times mostra, fica cada vez mais difícil saber a origem do carro americano. O Jornal preparou uma lista de todos os veículos montados na América do Norte, incluindo a origem de motor e transmissão, e também se a fabrica faz parte de algum sindicato. A informação pode ter sofrido mudanças desde a publicação do artigo em Junho de 2009.

Veja a lista aqui:

Fonte:

“For Baffled Buyers, a Guide to Cars Made in North America”. The New York Times. Cheryl Jenses. June 21, 2009. On Line. http://www.nytimes.com/2009/06/21/automobiles/21intro.html&OQ=_rQ3D1&OP=696c0072Q2FQ25cgHQ253PQ23Q224PP.Q2BQ25Q2BYYhQ25YQ2AQ25Q2B,Q256r.PQ7BPHQ3CogQ22Q25Q2B,Q3CQ7E.4Pb8.Q7Bo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s