Assista ao comercial da Chrysler exibido durante o SuperBowl, e saiba mais abaixo sobre o desenvolvimento do comercial, que teve participação direta do CEO da Fiat-Chrysler, Sergio Marchionne.

Um comercial bastante valioso e muito bem feito. No domingo passado quando acompanhava o Superbowl pela televisão, o comercial da Chrysler me chamou atenção de imediato durante o intervalo. Certamente aquelas aulas de Análise de Filme e Televisão na Universidade ajudaram a perceber que se tratava de um comercial muito bem feito e de muito valor, seja pela ótima narrativa, como elementos de iluminação, cores, textura da imagem, ótima movimentação da câmera, edição, transição, simbolismos, entre outros que aprendi.  A matéria de Filme e Televisão faziam parte das disciplinas de General Education (GE), presentes nas CSUs (California State University), mas todas as matérias de GE que cursei, todas foram muito interessantes e de grande valor, sem dúvida alguma.

Sem dúvida alguma também, esse comercial da Chrysler para o SuperBowl, tem imenso valor, opinião compartilhada com Bradford Wernle, do Automotive News, que informa que o próprio CEO do grupo Chrysler-Fiat estava intimamente envolvido com a criação do comercial “Born of Fire” da Chrysler transmitido durante o SuperBowl.  Marchionne judou com a idéia de um comercial de 2 minutos, com as palavras, e as próprias imagens. O comercial mostra sobre o renascimento de uma cidade, Detroit, que resistiu a morte, paralelamente a história da Chrysler, uma empresa que quase morreu alguns anos atrás, mas resistiu a morte também.

O comercial da Chrysler foi feito inteiramente em Detroit, com atores locais, incluindo o coral da igreja, e a jovem patinadora. Assim que a câmera vai passando pela realidade Industrial de Detroit, a voz narrativa pergunta “O que uma cidade que foi ao inferno e voltou sabe sobre luxo”, acompanhada pela resposta “mais do que a maioria”. Logo em seguida entra a batida da trilha sonora, e imagens da vários lugares da cidade, incluindo a estatúa “The Spirit of Detroit”, localizada na prefeitura, o mural “Indústria Automotiva”  de Diego Rivera, no Detroit Institute of Arts.

A linha narrativa linear do comercial se caminha para o ponto alto, enquanto Eminem, rapper de Detroit, dirige em direção ao Teatro Fox no centro da cidade. Emimem sai do carro, e caminha dentro do teatro em direção ao palco, de onde ele olha direto para a camera e diz: “This is Motor City, and this is what we do”. Detroit nos tempos de glória era conhecida como a Capital do Automóvel, ou Motor City, da mesma maneira que Chicago ficou conhecida por Windy City, como o comercial lembra. O comercial estabelece o paralelo entre a história de Detroit e a Chrysler se recuperando da morte,  a queda, e a recuperação. Alguns anos atrás, Eminem travou uma batalha com as drogas, e a sua vida particular enfrentou turbulências. A escolha do personagem representa bem o herói local que simboliza a mensagem da Chrysler e Detroit no comercial.

As reações em relaçãoao comercial tem sido muito positivas, conforme Wernle informa. Durante o encontro dos revendedores da Chrysler em San Francisco, as pessoas aplaudiram de pé, emocionadas com o comercial que lança o novo slogan da Chrysler: “Imported from Detroit”.  No entanto algumas pessoas acharam que a Chrysler poderia ter mostrado um pouco mais sobre o carro durante o SuperBowl. A Chrysler agora trabalha no comercial do Chrysler 300, que começa a chegar nos concessionários em Março.

Work Cited: “Marchionne’s touch sparks Chrysler ‘Born of Fire’ ad”. Bradford Wernle. Automotive News. February 7,2011. OnLine.  http://www.autonews.com/apps/pbcs.dll/article?AID=/20110207/RETAIL03/110209787/1490#ixzz1DTrY7jrB

Anúncios
comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s