Confira: A Revista  Consumer Reports publicou a lista dos melhores carros no mercado Americano.

O Consumer Reports é uma revista americana que vem sendo publicada desde 1936. A revista publica em suas edições e também em seu site a avaliação de consumidores, comparação de produtos, e resultados baseados em testes de laboratórios, de vários produtos e não apenas carros. São mais de 7 milhões de assinaturas da revista, e a cada ano no mês de abril a revista publica a Edição de Compra de Carros Novos. A edição de abril é a mais vendida e muitos acreditam que a revista tem um grande poder de influência na compra de novos carros no mercado. A revista leva em consideração itens como a performance, conforto, utilidade, e o fator confiabilidade de mais de 270 veículos testados recentemente.

De acordo com o Consumer Reports, a Honda e Subaru ainda fazem os melhores carros no geral, mas a Ford apresentou as maiores melhorias no ano passado, em fatores como testes de rodagem e pontuação de confiabilidade. General Motors e Volvo também melhoraram, mas por outro lado a Mercedes Benz foi a unica marca a apresentar piora nos mesmos quesitos.

As três melhores posições ficaram com a Honda, Subaru, e Toyota, pelo terceiro ano consecutivo, sendo que a maioria de seus carros vão bem nos testes e apresentam poucos problemas. Na General Motors, os carros mais novos se saíram bem nos testes, mas alguns carros da GM foram muito mal e puxaram a média para baixo. A confiabilidade melhorou, mas não é exemplar. A Chrysler ficou em último, com a menor média, mas como o Consumer Reports deixa bem claro, depois que a Fiat passou a controlar a empresa os resultados estão melhorando. Novos modelos como o Jeep Grande Cherokee, e o Dodge Ram melhoraram nos testes, mas a empresa vai ter que mostrar resultados no item confiabilidade para se tornar mais competitiva. A maioria dos carros Europeus foram bem, mas muitos tem comandos confusos e problemas de confiabilidade. Destaque aqui para a Volvo que foi a unica marca européia com pontuação de confiabilidade acima da média.

A pontuação de cada fabricante é baseada na avaliação conjunta do teste de rodagem e pontuação de confiabilidade de todos os modelos testados pela revista. O teste de rodagem compreende mais de 50 testes que vão desde a performance, segurança, economia de combustível, conforto, e conveniência. A pontuação de confiabilidade vem da pesquisa anual que a revista faz com os proprietários.

A Honda e a sua divisão de luxo Acura obtiveram o melhor índice de confiabilidade. Carros como o Fit, Accord, e o SUV Acura MDX estão nas melhores posições da lista por vários anos. No geral a Honda fica abaixo da média, mas devido aos resultados de alguns carros que foram mal como o CR-Z e o híbrido Insight que não foram muito bem em alguns testes. A nova minivan Odyssey perdeu alguns pontos no teste, mas mesmo assim permanece no top do ranking da revista. Toyota, Lexus, e Scion ainda são escolhas certeiras, mas alguns Toyotas mais novos perderam alguns pontos no acabamento do interior, como no caso na minivan Sienna e Toyota Venza.  Já o compacto Yaris, e o FJ Cruiser obtiveram excelentes indíces de confiabilidade, mas foram mal nos testes de rodagem. A Hyundai melhorou no teste de rodagem, e os resultados devem melhorar ainda mais com os novos modelos que a revista está testando.

Já quando o assunto é marcas americanas, a Ford se destaca pela melhoria dos resultados, principalmente por modelos como o Fusion, a SUV Flex, e o Mustang. Elogios também para o compacto Fiesta, mas o Ford Escape, e a SUV Edge não apresentaram nada de especial. O Ford Taurus perdeu pontos pela visibilidade limitada, e o controle sensíveis ao toque de alguns modelos Ford e Lincoln são difíceis de usar. Alguns modelos novos da GM como o Buick Enclave e LaCrosse, e o Chevrolet Equinox e Transverse, foram bem nos testes de rodagem e a confiabilidade fica na média. O Chevrolet Cruze foi muito bem nos testes de rodagem, mas ainda não é possível analisar a confiabilidade. É justamente a confiabilidade de alguns Cadillacs e GMC que prejudicaram a média geral da GM, bem como alguns modelos da linha antiga como o Impala, a picape Colorado, e o sub-compacto Aveo.

Se apenas conforto no banco dianteiro, acabamento, e comportamento dinâmico fossem considerados, os carros Europeus estariam no topo, mas quando o assunto é confiabilidade a situação se inverte. A VW conseguiu melhorar a confiabilidade, mas a Audi afundou com a pontuação do grupo. Ainda, de acordo com o Consumer Reports, se o novo Jetta com o interior piorado, e economia de combustível medíocre, (palavras da revista) for um indicador que mostra para a onde a VW está indo, então a VW está no caminho errado. Mercedes Benz e BMW também não foram bem em confiabilidade, em especial as SUVs , apesar que foram bem em performance no geral. A BMW Série 1 por exemplo, obteve um resultado excelente no teste de rodagem, mas péssimo resultado em confiabilidade.

Novo Jetta: detalhe do péssimo acabamento e como o carro piorou, e a midia brasileira se nega a mostrar.

 

na integra:

http://editorial.autos.msn.com/article.aspx?cp-documentid=1182334&icid=autos_0424&GT1=22008

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s