SAAB: Carros chineses para os Estados Unidos

Publicado: maio 11, 2011 em SAAB
Tags:, , , ,

Na foto, o C71 da BAW (Beijing Automotive Works), modelo baseado no Saab 9-3. Em 2009, a BAW comprou da GM o direito de uso do desenho, parte da tecnologia dos motores, e ferramental da SAAB.

A SAAB diz que os modelos feitos na China terão como destino os Estados Unidos.

No artigo “Chinese-built cars destined for U.S., Saab chairman says”, Rick Kranz do renomado jornal Automotive News fala que um fabricante Chines poderá vender carros nos mercados Americano e Europeu por preços tão baixos quanto US$10mil dentro de dois ou três anos através de um distribuidor como a Saab. Victor Mueller, chairman da Saab Automobile AB lembra que os Japoneses foram motivo de piada quanto entraram no mercado americano. Depois foram os coreanos que foram motivo de risadas, mas Mueller diz que ninguém vai rir quando os Chineses chegarem.  Kranz diz que na semana passada a Spyker, dona da Saab, assinou um acordo com a China’s Hawtai Motor Group para formar uma joint venture que inclui tecnologia, fabricação, e distribuição na China dos carros feitos pela Saab. Ainda não é certo se a Saab vai distribuir os carros da Hawtai nos Estados Unidos, Europa, ou outro lugares, mas a ampla rede de distribuição global da Saab é tentadora para a Hawtai, como lembra Kranz.

A Saab levou 67 anos para desenvolver uma rede de distribuidores, e isso passa a ser um dos maiores valores da Saab atualmente. Com o carro certo, ficaria muito mais fácil para os chineses entrarem no mercado, sem ter que desenvolver toda uma estrutura de distribuição e concessionários. Mueller diz a Saab poderia distribuir um veículo feito na China e vender por um preço próximo aos US$10mil. Se esse carro fosse vendido nos Estados Unidos, ele não alcançaria as 5 estrelas de segurança, mas o preço baixo poderia atrair os compradores. Mueller lembra que na China com US$10 mil é possível comprar um SUV com ar condicionado, vidros elétricos e quase tudo que já foi inventado para um automóvel. Mueller indaga: com um SUV com esse preço, alguém iria se importar com as 5 estrelas de segurança?

O acordo com a Hawtai vai fornecer 150 milhões de Euros em fundos para a Saab, mais o investimento de 120 milhões de Euros na Spyker em troca de 29.9% das ações da Spyker. Ainda a Spyker vai receber 30 milhões de Euros em forma de empréstimo. A Hawtai é uma empresa particular pequena fundada em 2000 que fábrica SUVs e ônibus. No ano passado a Hawtai produziu mais de 81mil veículos, de acordo com a J.D. Power. No ano passado a Hawtai apresentou o seu primeiro sedan. Outros fabricantes chineses como a Chery, BYD e outros já afirmaram ter interesse no mercado americano, mas os planos vem sendo adiados ou abortados devido a crise recente, legislação local, e outras barreiras de mercado como o alto custo de desenvolvimento de um canal de distribuição.

Recentemente, um porta voz da Saab informou que a empresa espera retomar a produção dos modelos na fábrica na Suécia na próxima semana. Em abril passado e antes do acordo com a Hawtai, a produção da Saab parou devido a falta de pagamento junto aos fornecedores.

Na foto, o SUV B35 da Hawtai

Work Cited:”Chinese-built cars destined for U.S., Saab chairman says”, Rick Kranz. Automotive News. May 10, 2011. Online.  http://www.autonews.com/apps/pbcs.dll/article?AID=/20110510/GLOBAL03/110519993/1490#ixzz1M0CZjD8k

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s