A opinião de Marchionne sobre Híbridos

Publicado: outubro 23, 2011 em Chrysler, FIAT
Tags:, , ,

O CEO do Grupo Fiat-Chrysler teve que mudar a ideia sobre Híbridos. Saiba mais…

No artigo “Marchionne forced to rethink on hybrids”, Luca Ciferri do Automotive News explica o que levou Sergio Marchionne, CEO do grupo Fiat-Chrysler, a mudar de ideia a respeito da fabricação de carros híbridos. Como Ciferri explica, o Grupo Chrysler vai ter que fabricar mais carros híbridos para cumprir com as normas de combustível severas impostas pelo governo americano que devem entrar em vigor em 2025.  Como lembra o autor, a Chrysler já possui um modelo híbrido em desenvolvimento, a versão híbrida do Chrysler 300 que deverá chegar as lojas em 2013.

Ciferri diz que Marchionne nunca foi um grande fã de carros híbridos, alegando que  carros híbridos possuem custo de produção elevado, e que o volume de vendas é baixo. Em entrevista recente ao Automotive News, Marchionne disse que não mudou a sua opinião a respeito de carros híbridos, mas reconhece que as normas de consumo americanas para 2025 fazem com que os carros híbridos sejam obrigatórios.

Em Julho, o governo americano informou que planeja aumentar o média de consumo de carros e picapes leves para 54.5 mpg (23.1 Km/l).  A meta atual é de que os carros e picapes leves devem atingir a média de 35.5mpg (15 Km/l). Esse aumento na média de consumo vai ser um dos maiores desde que o governo americano começou a regular e melhorar o consumo dos carros vendidos nos Estados Unidos através da criação da CAFE  (Corporate Average Fuel Economy) nos anos 70. A meta de 2025 ainda foi aprovada.

O autor ainda informa que Marchionne diz que a Chrysler deve oferecer veículos movidos à Diesel para o mercado americano, em adicional aos veículos híbridos. A Jeep tem planos de oferecer o Grand Cherokee à Diesel em 2013, devendo chegar a outros veículos da marca. A maioria dos Chrysler, Dodge, e Jeep exportados para a Europa possuem versões Diesel, mas nenhum deles é vendido nos Estados Unidos, exceto as picapes da linha RAM.

Em Novembro de 2009, a Chrysler havia divulgado o plano dos cinco anos, e havia dito que 14% das vendas globais em 2014 seriam de veículos equipados com motores diesel, ou um aumento de 8% em relação as vendas de veículos diesel em 2009.

Marchionne diz também que o aumento de oferta de veículos movidos á gás natural comprimido (GNC) deve ajudar a Chrysler a melhorar as médias de consumo da empresa. Na Europa a Fiat é líder na venda de veículos movido à gás natural, o que deve ajudar a Chrysler nos Estados Unidos também.

 

Work Cited: “”Marchionne forced to rethink on hybrids”, Luca Ciferri, Automotive News. October 19, 2011. Online.  http://www.autonews.com/apps/pbcs.dll/article?AID=/20111019/COPY/310199997/1497#ixzz1bcsHFPxy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s